quarta-feira, 31 de março de 2010

Experiências


Vai, me diz. Se você é mulher, tem ou teve a mãe por perto, pelo menos uma vez já deve ter ouvido: “você só saberá o que é ser mãe quando tiver um filho”. Conta pra mim. Todas nós já ouvimos isso. Ou vamos ouvir.
Tem determinadas coisas, e elas já vivenciaram, que só experimentando mesmo pra saber a sensação. Parece uma descida na montanha sem direito a freio ABS... a vida. Nada de plano terreno.
Dentre tantas experiências que ainda vamos ter (em qualquer fase da vida), poucas nos tiram tanto os pés do chão como não saber lidar com determinados sentimentos, que tentamos nomear de tudo quanto é jeito (dependendo de como lidamos com eles). Chega um momento em que a gente se joga do avião em queda livre e torce pra que o pára-quedas abra e a gente possa apreciar a vista.
O meu não tem aberto esses dias. A razão? Ainda desconheço. De real, só o vidro vazio de florais de Bach, a falta de grana pra terapia, o fato de que não encontrei nenhuma academia de yoga perto de casa e de que já estou quase sem unhas.
Dona Gislene estava certa. Ainda não sei o que é ser mãe. Talvez nunca seja.

Um comentário:

Postar um comentário