quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Veste



Um amor manso
que deita e levanta
amiúde,
em mim.
Que desacata a minha
incapacidade
de despi-lo.

5 comentários:

Postar um comentário