sexta-feira, 17 de setembro de 2010

Palavras mortas


Palavras, apenas
Palavras pequenas
Palavras
Momentos

Do que faço a vida
Do que a minha me refaz
Amanhã, quiçá,
o sentimento não sufoque o verbo.
Penar da febre
Ímpeto do nada
Fúria do não agir.
Mas hoje,
Sim, hoje.
Mato a oração subordinada de causa e efeito.
Lacro boca e carne
Semântica e sintaxe,
Sepultadas.

5 comentários:

Postar um comentário